.



"Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é so um dia mais."
José Saramago

quinta-feira, agosto 17, 2006

Espero...

Eu, quem sem tempo tem todo o tempo do mundo, espero...
Espero o pouco provável...
Espero porque sonho... Espero porque sinto...
Ou talvez espere mesmo um sonho...
Espero sem medo de esperar... Com medo de já não ter...
Apenas espero...
Espero...
Espero...
Espero...

3 comentários:

André Rodrigues disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Jorge Ortolá disse...

Olá, o meu blog principal é http://www.quebelavida.blogspot.com/

Lindos poemas

Beijos

André Rodrigues disse...

Adorei esse teu poema, identifico-me bastante com ele. Obrigado por tudo, es uma amiga como já não existe.
beijokas e continua poetisa pateta :P