.



"Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é so um dia mais."
José Saramago

sexta-feira, agosto 18, 2006

Entre lágrimas


Hoje choro...
Hoje afogo-me em lágrimas
Por alguém
Que não vem...

Com estas lágrimas
Hei-de construir um castelo
Hei-de tornar o mundo belo
Mas esse alguém
Não vem...

Estas lágrimas de pedra...
Este olhar preso ao infinito...
Estes lábios que já não sabem sorrir...

O mundo enegreceu
O sol desapareceu
Por esse alguém
Que não vem...

E hoje, em lágrimas, proclamo
Que, por entre lágrimas, chamo
Alguém
Que não vem...

2 comentários:

André Rodrigues disse...

da tempo ao tempo, esse tempo ira chegar tudo ira acontecer pq tu mereces, adorei o poema beijos deste teu fã e amigo

Ricardo N. disse...

Muito triste mas lindo...tokou o meu coração..tb tou axim tal como escreves nesse poema..espero ficar bem..por enkuanto resta-m a felicidade d ter uma linda amiga como tu..beijos gands mexmo marizita...*/*/*/*/*/