.



"Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é so um dia mais."
José Saramago

domingo, junho 17, 2007

Naufrágio - Parte II

...Continuação...

Não, não era. Deixei-me levar até lá.
Quando chego, para grande espanto meu, deparo-me com uma ilha deserta.
Deserta de pessoas, de animais, de plantas. Enfim, deserta de vida!
Voltei a estar sozinha…
E vou ter que construir um abrigo e vou ter que sobreviver!
Muitas vezes, sentada na areia recordo o tempo em que me perdia no mar, em ti, as aventuras por que passei, as gargalhadas e os sorrisos, a forma aconchegante e terna com que me acolhias…
E tenho vontade de voltar a perder-me, de voltar a sentir que me pertences, por muito pouco que possa ser.
Às vezes ainda vou molhar os pés…
Logo a seguir, uma parte de mim que não sei definir, diz-me que foste tu que me empurraste para esta ilha deserta e, independentemente do motivo, tenho que aceitar e aprender a viver aqui.
Não estou irritada nem magoada… Um pouco triste, confesso… e até surpreendida pela negativa… Esperava mais de ti! Sei que o consegues!
Mas vou ter que deitar mãos à obra, nunca fui de me conformar com coisas que não me façam sentir bem.
Ambiciosa? Talvez, e não deve ser pouco.
Teimosa? Mais ainda!
Vou construir aqui um castelo. Forte e aconchegante!
Se algum dia me bateres à porta, acolher-te-ei com carinho e brindar-te-ei com o melhor vinho!
Agora tenho muito que fazer... Uma ilha inteira para conhecer!!

6 comentários:

flor disse...

Mana,

muito lindo, adorei...

Agora fico à espera para ver esse belo castelo!!!

Beijo grande

jp disse...

ola ola..

Nada como um dia após o outro...
depois da tempestade sempre vem
o céu mais lindo...e limpo!!

primeiro miragem depois o castelo..
sera que o vais construir em madeira, pedra ou papel, ou simplesmente de palavras ao vento!
pouco importa desde que seja aconchegante!!

beijo grande
;)

delusions disse...

"Muitas vezes, sentada na areia recordo o tempo em que me perdia no mar, em ti, as aventuras por que passei, as gargalhadas e os sorrisos, a forma aconchegante e terna com que me acolhias…"

gostei do texto...uma ilha deserta é "só" um novo começo. tenho a certeza que vai ser um lindo castelo.

bjinho* boa semana

Oficina dos Risos disse...

"É preciso pouco para despertar um sorriso,
e basta um sorriso para que tudo seja possível".
(G. Cesbron)

Esse castelo vai ficar lindo, tenho a certeza... A força aliada à alegria do bem-estar, consegue milagres!!!
Confia em ti... eu confio!!!

Beijos e Risos... :)

Dias... disse...

Gostei do texto, claro, tem paragrafos mesmo muito bons, e a ideia de construir um Castelo APARTIR de uma Ilha Deserta é muitissimo boa.

Parabéns, gostei :)

Beijo

mari crrrrruuuu... disse...

Oficina dos risos>> Por incrível que pareça essa frase é umas das minhas preferidas, apenas desconhecia o autor.
Obrigado pela partilha!

Dias...>> Sempre originais os teus comentários! Obrigado :D