.



"Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é so um dia mais."
José Saramago

terça-feira, junho 26, 2007

...ente


Era uma ilha deserta…
Nela morava o vazio…
Era uma ilha pequena
Cujos habitantes morriam de frio…

A mente do Senhor Clemente
Era uma ilha deserta
Cujo habitante
Neurónio
- O único que lá cabia -
Tinha neurónios desertos
E nem sabia…

Era uma mente deserta,
Povoada de ar e vento
E estava deserta
Para ser
Grande mente por um momento

Desejou tanto, tanto, tanto
Que, com muito espanto

A mente
Do nosso amigo demente
Do tal Senhor Clemente
De repente
Tornou-se inteligente!

O Senhor Clemente
O ex senhor demente
Actual Senhor Inteligente
Passou a ser povoada…

Eram tantos os neurónios
Todos muito sábios
Que a ilha deserta
Que agora foi descoberta
Tornou-se um sítio belo

O senhor Clemente
Construiu um castelo!

E tu, que esperas?
:)

(A mari na “ressaca” dos exames lol)

2 comentários:

jp disse...

ola ola

neste teu castelo vou andando
e por vezes perco-me a olhar
nos teus posts que vou amando
que me deixam a sonhar!

este castelo que é o teu
entrar tento conseguir
de portas abertas esta o meu
e por ti espero a sorrir.

ja por ca andaste perto
e longe nao te quero ver
nao fica o castelo no deserto
por isso nao te vais perder.

vem depressa e ligeira
antes que o pinte de outra cor
à porta tem uma palmeira
que me ajuda a suportar a dor.

assim ca espero por ti
para entrarmos em comunhão
não te afastes de mim
estou farto desta solidão..



beijo grande
;)

Dias... disse...

Adorei o texto, talvez por me chamar Clemente, talvez por isso seja suspeito, mas ADOREI o texto!

Quantos e quantos Clementes encontro em quantas e quantas tertulias... do neuronio ao castelo.

Beijo clemente

*