.



"Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é so um dia mais."
José Saramago

sexta-feira, fevereiro 16, 2007

As quatro estações


E mais uma vez me encontro aqui... Já na terrinha, no escritório, só com um terço de luz acesa (ou qualquer coisa mais ou menos), como gosto de escrever - ou de desenhar letras, porque escrever, isso é para os grandes, eu apenas junto palavras e articulo sons...
Foi uma semana complicada!
Parece que, durante apenas 5 dias, passei pelas quatro estações do ano, começando no Inverno e terminando no Verão, que é como prefiro sempre estar!
Começou triste... a chover, na verdade. Estava no Inverno!
Depois passou para o Outono, época de melancolia, em que a saudade do bom tempo preencheu os espaços brancos de uma vida atribulada.
Seguiu-se a Primavera, altura perfeita para usufruir da técnica do 3x :D (três sorrisos).
E por fim o Verão, a estação do calor e da alegria, em que os seres estão em perfeita sintonia com o clima, em que as gabardinas são dispensáveis, dando lugar às meias-roupas, que só por si significam menos peso na vida de cada um.
Na verdade, adoro sorrir (não que o meu sorriso seja lindo...)! Muito embora não pareça, dá-me força. Chorar é para os fracos, e eu também o faço.
Apenas gosto de sorrisos...
Sorrisos meus ou alheios, sorrisos por tudo e por simples nadas...
Foram as quatro estações, numa semana demonstradas :D

9 comentários:

Anónimo disse...

neste meu primeiro commentnao posso deixar de elogiar aquilo que tens feito ao longo destes meses, o tempo que dedicas-te a este blog é sem duvida mais do que qualquer pessoa pode pensar.. estas de PARABÉNS...

agora em relação ao teu ultimo "trabalho" gostei.. revela a pessoa que és, ou pelo menos a pessoa que eu considero que és.. humilde, simples, com atitudes diferentes em cada momento, daí relatares que nesta semana passas-te pelas 4 estações do ano.. eu tambem perfiro o verão, é nessa altura que o amor anda no ar, que conhecemos pessoas novas, que lidamos com mentalidades e maneiras de estar na vida diferente do habitual.. essa interacção por vezes faz-nos agir e pensar de outra forma.. vemos o mundo com outros olhos...

nos ultimos dias desta semana, tambem eu, vivi as 4 estações:

na terça o outono; um dia que será para recordar mas em que o cinzento e o castanho sao as cores que predominam nas imagens que guardo desse dia, por vezes aparece um ou outro raio de sol que confere a algumas imagens outras cores, outra alegria..

na quarta; a primavera, o nascer das flores, os campos verdes, alegres, o nascer de novas amizades, alguma luz nas imagens que guardo mas nao muita, o dia foi curto mas nao foi mal aproveitado;

na quinta o verão, o reforçar das ligações nas novas amizades criadas, dia muito longo, nascer de novos sentimentos, a temperatura elevada de alguns momentos (embora a temperatura ambiente nao fosse convidativa a estar ao relento), o amor andou no ar... sem qualquer sombra de duvida o melhor dia da semana, para recordar e reviver...

na sexta o inverno, ceu cinzento/escuro, chuva, assustador, o cair na realidade, o pensar que tudo o que aconteceu no verão nao foi nada mais que os preliminares de um sonho que eu gostava de ver concretizado, a duvida, o medo, a sensação de perda... enfim tudo aquilo que se sente num dia escuro como uma tarde chuvosa e fria de inverno em que nao sentimos vontade sequer de sair de casa...

como ves nao so tu passas-te por 4 estações esta semana...

beijinhos grandes
continua assim
eu adoro...... ;)

Anónimo disse...

esquecime de assinar..........

beijos
JP

mari crrrrruuuu... disse...

JP... Desde já, obrigado pelos elogios. Foram muito simpaticos!

Agora, quanto ao que falas... Bem, nem sei bem o que dizer... Todos nós temos altos e baixos... Se encontraste o amor fico feliz por ti :D mas a sensação de perda é algo de terrível e aí apenas posso desejar que passe depressa e que voltes ao Verão! Se bem que (e agora mostrando o meu lado mais convencido) não creio que o amor tenha andado assim tanto no ar, mas...

Fica um bj e o convite a outros possíveis "sopros" no meu castelo :)

Anónimo disse...

ola mari... por vezes descobrimos coisas que a partida nem sequer pensamos que podem existir.. o amor encontra-se "encaixado" nesse leque de situações..

como vez, o teu convite foi aceite e mais rapido do que tu propria esperavas.. confessa!

estou de acordo com o que dizes e tambem eu espero voltar depressa ao verao.. para isso, basta um convite... pelo qual espero ansiosamente...

beijinhos continua..
jp

mari crrrrruuuu... disse...

...Um convite?... Agora não captei...

Stranger à la carte disse...

huuuuuummmmmmm :D

jp disse...

abrindo o "tal album de recordaçoes", recordar este teu post que, marcou sem duvida, a minha entrada no teu castelo, reler os comments, chego a conclusao que afinal o verao é como o natal.. "é quando o Homem quiser.."


beijo grande
;)

(deixa-me que te diga: cada vez quero ver o inverno mais distante..) lol

Anónimo disse...

ola ola

Diz o povo que "o bom filho a casa retorna", assim sou eu! bom filho de regresso a porta por onde entrei no teu mundo, no teu castelo!

Adorei ter entrado!
Espero que nunca te arrependas de me ter aberto a porta!!

Beijo grande
;)

Anónimo disse...

ola ola

Nunca me canso de voltar...

beijo