.



"Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é so um dia mais."
José Saramago

domingo, abril 13, 2008

Retalhos de uma vida


E a menina regressou ao Cais, o refúgio secreto, após tantos dias de ausência.
Levava uma mão cheia de novidades, de todas as cores, formas e tamanhos.
Aquele é o local onde a magia sempre acontece, onde os sonhos ganham força e querem tornar-se reais, onde os medos não são mais que isso mesmo.
Onde tudo é autêntico e não tem mal.
Sentou-se como sempre, apertando os joelhos contra o peito.
As nuvens no céu e a força das águas eram um bom indicador. O sol, ao longe, espreitava. Ela sorria.
Seria apenas mais um encontro, mais um desabafo.
Retalhos de uma vida miúda.
Como quem vai ao baú das recordações e retira memórias distantes, que agora se fazem sentir.
Todos os momentos ficam registados, mesmo aqueles desfocados, em que não se está com um sorriso aberto.
As ondas dizem-lhe que é forte. As nuvens, que também choram e que é isso que as faz desaparecer, enriquecendo os campos e dando lugar ao sol brilhante que preenche o céu.
São retalhos de uma vida, pedaços de um tecido multifacetado.
Não se esquecem, mas podem ser camuflados e cobertos de momentos realmente importantes e especiais.

Today is a gift. That’s why it’s called the Present!

7 comentários:

Dominique Ventura disse...

...minha saudade velada está amarrada no cais. Será sempre assim. Enquanto esperar por ela, a saudade será como os meus sonhos: perto, quente, bonita, quase distante. Como o são todos os meus retalhos, todos os pedaços de vida que vivi com as mulheres que amei. O meu refúgio secreto, a magia da minha vida, o segredo da minha ausência. Sorriu também como a menina do cais quando vivo e revivo tudo na minha saudade... uma canção, uma memória, mil silêncios. Assim o mar mos leva. Assim a saudade mos tráz...

.......................... disse...

a tua vida nunca será miúda enquanto fores quem és...
porque me magoou trincando a carne...não mais aqui voltarei.

inversamente me despeço

com aquele BeijUH

Dias disse...

Gosto de te ler neste registo, mais ginasticado, mais maduro, mais poderoso...

São bons mesmo os maus presentes, desde que retalhados com o Rio.

Beijo GRANDE

Bia disse...

Soubeste bem registrar aquele precioso momento onde se juntam as impressões do olhar, as emoções do coração e os sentimentos que jorram da alma, quando frente à natureza podemos captar toda a nossa essência de ser humano. Um belo texto, amiga!

Ficam sorrisos e pétalas enfeitando tua semana, e um beijo do meu para o teu coração.

Pen Drive disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Pen Drive, I hope you enjoy. The address is http://pen-drive-brasil.blogspot.com. A hug.

Bia disse...

Não encontrando nova postagem estou deixando sorrisos, pétalas e beijos para enfeitar os sonhos que devem estar povoando a tua noite, minha doce amiga!

tufa tau disse...

um cais de despedida e boas vindas
de lágrimas e sorrisos

abraço ao vento