.



"Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é so um dia mais."
José Saramago

terça-feira, setembro 11, 2007

Chegou, sentou-se e sorriu.
Todos o olharam,
Todos lhe tocaram,
Mas ninguém o viu.

Mentira!

Todos o viram
E dele abusaram
Todos o serviram
Todos o acusaram

Também...

Mas o senhor
Já velho e deprimido
Que todos acusam
Que todos usam
Não poderá ser defendido?

Todos o mandam embora
E, simultaneamente, o acolhem
Ora...
Se têm um espelho, olhem,
E vejam...

O Pecado!
Aquele pobre coitado.

Quem nunca o usou, que atire a primeira pedra!

Eu apenas lanço um sopro...

5 comentários:

Visão Caleidoscópica disse...

Ok...ok...
Pronto, não ralhes mais comigo porque já tens lá qualquer coisita para ler. :))

Pecado?!
Ui....é tão relativo!!!
Eu cá não atiro nem um seixinho....
Bonito o teu poema.
E estou a 500 % contigo...quem não o usou que atire a 1ª pedra.
Bejos em ti, minha querida amiga.
Até mais....

Dias disse...

Gostei imenso!

Vim por ai abaixo sedento de saber quem seria o senhor e recebi-o com um sorriso bom.

Parabéns, bom post miuda.

Beijo

jp disse...

ola ola

confesso que por vezes fico mesmo surpreendido com a qualidade dos teu trabalhos...

este esta cinco estrelas, coerente e bem estruturado!

adorei!

parabens..


beijo

Visão Caleidoscópica disse...

Olá minha linda!
Passei por aqui para saber de ti.
Não há quem te veja por lado nenhum
mas eu sei que andas com a cabecinha a esturricar com os teus exames. Força com isso!
Arrasa-os!!!
Depois, quando já estiveres a dar pulos de contente porque tudo já passou e correu pelo melhor, dá-nos umas palavrinhas tuas que tão bem nos sabem ao ler.Tudo de bom para ti.
Beijos enormes e até lá.....

delusions disse...

Eu não atiro. Gostei do senhor, uma leitura surpreendente.

Bjs*
Boa semana