.



"Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é so um dia mais."
José Saramago

quinta-feira, março 08, 2007

A nós, Mulheres!


Perguntam-me se concordo com um dia especial para a mulher…
Respondo que não, parecendo-me a mim óbvio…
- Então porquê? – Interpelam novamente – Seria de esperar que uma defensora do poder feminino gostasse de um dia dedicado à Mulher.
Eu respondo indignada desta forma:
Um dia da Mulher??
Da mulher deveriam ser todos os dias!
Mulher: pilar da família,
Seio da vida,
Sinónimo de beleza, de afecto, de ternura…
Mulher moderna, terna e madura…
Mulher: rir e chorar,
Seduzir e encantar,
Acariciar,
Sentir,
Proteger…
Ser mulher significa vencer!
Eu sou mulher e adoro ser!!!

Infeliz o que não vê isso…

5 comentários:

Flor disse...

Somos as maiores mana e não precisamos de nenhum dia em especial porque temos que ser nós todos os dias e isso basta. Estamos vivas e isso é o mais importante. bjs

mari crrrrruuuu... disse...

AAHHHH tas na net e não te pões on porquê??
:D

Hoje sou mulher e sinto-me bem enquanto tal! E tu, sendo a mana mais velha e tantas vezes o ombro e a minha voz da razão, tens todos os dias um papel fundamental :D

Adoro-te, sabias? :D

(Hoje deu-me p'ra isto...)

Flor disse...

Desculpa não estar on mas não liguei o msn. Só vim aki mesmo para ver o k tinhas cá deixado, pk mesmo chegando tarde como foi o caso hoje e sem ter tempo para mais nada, não deixo de dar aki um saltinho para ver o k escreveste. Gosto das tuas palavras e mesmo não as comentando sinto-as sempre. Este é o teu cantinho mas é também o meu. Agora, por exemplo estava sem sono e resolvi passar por aki para ver o k me tinhas deixado. Porque eu sabia k ia cá estar qualquer coisa para mim. Continua a escrever meu porto de abrigo. També te adoro. Bjs e não te esqueças k amanhã há fados. Vamos apanhá.......................la.

Anónimo disse...

"todos os outros que me perdoem na sua infinita generosidade mas..
Creio profundamente nas mulheres, desejo do nosso ventre, prova visivel da vitoria da beleza sobre todas as coisas, creio nelas como quem crê na mentira e na memória e apesar da decadência sátira que me invade, espero saborear a sua existência até ao fim.
Creio nos seios quando são verdade e no cálice e na boca e em todos os ventres lisos e elegantes em geral, e naquele andar que faz parar o tempo em saltos altos de pouquíssima conveniência mas óptima ondulação.
Creio em todas as saias justas em geral, em todos os lábios carnudos e sabedores, e em tudo o que se faz e não se diz, e não se diz porque se faz, e se calhar nem se diz quando se está fazendo(...)"

in critica-mente de Pedro Barroso


o que seria de mim sem vocês.. MULHERES......................



beijinho
jp

Anónimo disse...

ola ola


esse teu sorriso....


Beijo grande
;)