.



"Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é so um dia mais."
José Saramago

segunda-feira, setembro 11, 2006

Uma estrela

Olá!
Bem, os exames esperam por mim (desejem-me sorte!) e, como tal, vou estar dois diazitos sem poder vir à net...
Deixo um poema (escrito por mim)! (",)


Há coisas que passam,
Outras que por cá
Se deixam ficar!
Umas apenas ameaçam,
Outras picam, picam
Até marcar.

O que vejo agora
É irreal...
Vejo porque sinto
Sinto porque vejo.
Na realidade, não minto
Desejo
Com uma força brutal.

- Desejas o quê?
Perguntas baralhado.

Desejo nada e tudo
Tudo e nada...
Uma estrela montada
Num cavalo de cordel
Protegida com o Escudo
Do anjo Gabriel.

Desejo porque existo!
Desejo o que não existe
E o que não existe
Deseja-me a mim.
Desejo
Mas não desisto
De um mundo de coisas
Sem fim!

Corro, nado,
Canto, danço...
Mas não me canso!
Procuro
Por todo o lado
Ganho balanço

E dou um salto
Voo bem alto
E alcanço,
Meio atordoada,
A tal “estrela”
Desejada!!

2 comentários:

Jorge Ortolá disse...

Bons exames...
Bjs

Stranger à la carte disse...

...se desejares mt essa estrela tudo se juntará para te ajudar a alcançá-la

bj